18/08/2019 às 18:00 Festas Brasileiras

{Maranhão} Tambor de Crioula em São Luis

441
2min de leitura

O Tambor de Crioula do Maranhão é uma forma de expressão de matriz afro-brasileira que envolve dança circular, canto e percussão de tambores. Seja ao ar livre, nas praças, no interior de terreiros, ou associado a outros eventos e manifestações, é realizado sem local específico ou calendário pré-fixado e praticado especialmente em louvor a São Benedito. Essa manifestação afrobrasileira ocorre na maioria dos municípios do Maranhão, envolvendo uma dança circular feminina, canto e percussão de tambores. Dela participam as coreiras ou dançadeiras, conduzidas pelo ritmo intenso dos tambores e pelo influxo das toadas evocadas por tocadores e cantadores, culminando na punga ou umbigada – gesto característico, entendido como saudação e convite.

Praticado livremente, seja como divertimento ou em devoção a São Benedito, o Tambor de Crioula não tem local definido, nem época fixa de apresentação, embora se observe uma maior ocorrência desse evento durante o Carnaval e nas manifestações de Bumba-meu-boi. Trata-se de um referencial de identidade e resistência cultural dos negros maranhenses, que compartilham um passado comum. Os elementos rituais do Tambor permanecem vivos e presentes, propiciando o exercício dos vínculos de pertencimento e a reiteração de valores culturais afro-brasileiros.

A dança do tambor de Crioula, normalmente executada só pelas mulheres, apresenta coreografia bastante livre e variada. Uma dançante de cada vez, faz evoluções diante dos tambozeiros, enquanto as demais, completando a roda entre tocadores e cantadores, fazem pequenos movimentos para a esquerda e a direita; esperando a vez de receber a punga e ir substituir a que está no meio. A punga é dada geralmente no abdômen, no tórax, ou passada com as mãos, numa espécie de cumprimento. Quando a coreira que está dançando quer ser substituída, vai em direção a uma companheira e aplica-lhe a punga. A que recebe, vai ao centro e dança para cada um dos tocadores, requebrando-se em frente do tambor grande, do meião e o pequeno, e repete tudo de novo até procurar uma substituta. (Fonte: Iphan)

Fotos: Érica Catarina PontesLocal: Centro Histórico de São Luis - Maranhão | Brasil

18 Ago 2019

{Maranhão} Tambor de Crioula em São Luis

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

Brasil crioula cultura brasileira cultura popular dança Erica Catarina erica catarina pontes ericatarina festas brasileiras festas populares maranhão mulheres punga são luís são luís do maranhão tambor de crioula tambores

Quem viu também curtiu

25 de Set de 2019

{Maranhão} Boi de Pindaré

28 de Fev de 2020

{Pernambuco} Papangus no Carnaval de Bezerros

31 de Jul de 2019

{Candomblé} Candomblé de Ogun e Oxossi

Logo do Whatsapp